segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Tropas retornam à ação.


Após um breve recesso de fim/começo de ano as Tropas Escoteiras e Sênior do nosso Grupo retornaram à atividade. A primeira tarefa de todas as seções foi fechar a programação do primeiro ciclo de atividades para o ano de 2017.

Os membros da Tropa Sênior também tiveram  uma mini TED em que Adrian e Caio puderam apresentar a experiência deles participando do JamCam (Jamboree e Camporee Pan-Americano) que aconteceu em Guayaquil no Equador.

As seções do nosso Grupo têm trabalhado com ciclos desde que foram adotados pela UEB como forma de se articular as atividades de cada seção.

domingo, 18 de dezembro de 2016

Reunião de Escotistas e Dirigentes


Para dar os toques finais ao calendário de atividades de 2017, e formular algumas propostas e diretrizes para 2017, escotistas e dirigentes do GEU estiveram reunidos no dia 17 de dezembro durante manhã e tarde. Pela parte da manhã foi discutido o calendário anual de atividades com a indicação dos coordenadores de cada atividade do Grupo.

Também foram dadas as primeiras diretrizes para a organização do Unicampo 201, que acontecerá de 29 de abril a 1º de maio em Itabaiana e terá a África como tema. Outro ponto importante foi a criação de normas para o controle da lista de espera estabelecendo ordem de prioridade para as vagas.

Atualmente o nosso Grupo tem tido uma alta procura por novas inscrições, e até mesmo transferências,por esta razão foi colocada a possibilidade de ampliação de vagas através da abertura de novas seções, sem que, entretanto, para isto houvesse uma diminuição do número de escotistas nas seções existentes, ficando cada uma com no mínimo quatro escotistas, assim serão feitos todos os esforços para captarmos cinco escotistas para o Ramo Escoteiro, dois para o Ramo Sênior e dois para o Ramo Pioneiro.

Durante a tarde foram apresentados mais duas candidatas a voluntárias, às quais desde já damos as boas vindas, ambas mães de membros do Grupo, uma que irá atuar junto à Tropa Escoteira São Jorge e outra junto à Alcateia, ainda a decidir para qual.

Outro assunto abordado foi a formação dos adultos, com o chefe Luciano sugerindo que o nosso Grupo patrocinasse um curso preliminar tendo em vista que temos plenas condições de realizá-lo uma vez que temos os três únicos escotistas com Insígnia de Madeira da Região atuantes, e nós teríamos número suficiente de candidatos para possibilitar isto.

A Diretoria irá fazer gestões porém considera isto uma possibilidade remota pois nenhum dos dois IMs mais antigos do Grupo atualmente, um dos quais com CF-2, integram a Equipe de Formação da UEB-SE, apesar das Diretrizes de Gestão de Adultos preverem que "As Regiões Escoteiras contarão com o apoio da Equipe Regional de Formação, formada por Diretores de Curso Avançado (DCIM’s), Diretores de Curso Básico (DCB’s) e Insígnia de Madeira (IM’s)". em Sergipe optou-se por colocar na equipe de formação escotistas com o nível básico ou mesmo sem ter concluído este nível.

O ponto importante definido desde o começo da reunião, é sair da caixa, ir além, explorar novas possibilidades, deixar as visões limitadas, porém sem perder a essência. O GEU em 2017 deverá ampliar os seus horizontes, já pensando em 2018, quando celebrará o Jubileu de Coral.

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES 2017

Em reunião conjunta da Diretoria do Grupo com os escotistas das diversas seções,realizada no último dia 17 de dezembro, foi aprovado o calendário de atividades de 2017, com os respectivos coordenadores de atividade.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

PROGRAMA DE AUDITÓRIO 2016 FOI ESPETACULAR




Quando há 33 anos, no início do nosso Grupo Escoteiro, resolvemos celebrar o final do ano com um show de talentos não imaginávamos que esta seria uma das nossas mais tradicionais e duradouras atividades.

 
Este ano a atividade que encerra o ano escoteiro do GEU foi realizada no dia 11 de dezembro, no Auditório do SEST SENAT, e contou com a esmerada participação de todas as seções, chefia e pais que proporcionaram um espetáculo que agradou a todos. Muito mais que a busca da estrela de prata, o prêmio simbólico que representa o Programa, todos estavam na busca do fazer bem, perseguindo o nosso mote, fazer mais, melhor e além.

Ao final das apresentações o público escolheu os ganhadores.

Na categoria Lobinho houve um empate, curiosamente em apresentações que os filhos estiveram no palco junto com os pais. A Lobinha Clara, apresentou a Clara da Roça, e o Lobinho Samuel apresentou um número de Charles Chaplin.
Clara e Samuel vencedores na categoria Lobinho


Na Categoria Escoteiro/Sênior a vencedora foi a Guia Maria Alexandra com um solo de flauta, enquanto eu na categoria geral, a Chefe Ana e o Dirigente Ricardo formara a dupla Bola de Fogo e Foguentinha e incendiaram o palco levando a estrela de prata.
Maria Alexandra vencedora na categoria Escoteiro/Sênior

Ana e Ricardo vencedores na categoria geral.

Mas as apresentações são apenas uma parte dos eventos que marcam o encerramento das atividades do Grupo.  O bingo natalino é um momento esperado pela diversão e expectativa dos prêmios, assim como o amigo secretíssimo no qual os nossos membros mostram toda a criatividade na confecção dos presentes.
E claro como toda confraternização não pode deixar de faltar as comidas e bebidas.

HOMENAGENS E MUITA EMOÇÃO NO PROGRAMA DE AUDITÓRIO



Chefe Aldenise recebe o Lenço de Gilwell e as contas da Insígnia de Madeira
 Este ano o Programa de Auditório emocionou não somente pelas apresentações, mas também pelas cerimônias e homenagens que foram feitas.
Homenagem ao SEST SENAT Aracaju pelos dez anos de parceria

O primeiro momento marcante foi quando exibimos o vídeo “GEU Excelência” com um resumo das nossas várias atividades e falando da busca pela excelência, os intensos aplausos foram marcantes. Após o vídeo foi o momento de prestar uma homenagem ao SEST SENAT pelos dez anos de parceria, representaram a instituição Luciana Melo, Coordenadora do SEST e Sérgio Juracy, gerente de esportes, os quais também foram homenageados individualmente. Luciana recebeu em nome da Diretora Danielle Queiroz uma placa que marca o primeiro decênio.

Nada melhor que aproveitar a presença do Grupo para fazer também uma homenagem às conquistas dos jovens, assim fizemos o reconhecimento de todos aqueles que durante o ano de 2016 conquistaram especialidades, cordões, insígnias e distintivos especiais.

Chefe Carol recebe o seu anel de Gilwell
Após homenagearmos os jovens foi a vez dos nossos voluntários adultos serem reconhecidos por suas conquistas.  A Chefe Carol recebeu o seu anel de Gilwell pela conclusão de sua formação no nível básico Ramo Lobinho, enquanto a APF – Assessora Pessoal de Formação -  dela, a Chefe Aldenise, recebeu da Chefe Ana, que a assessorou o lenço de Gilwell e o colar da Insígnia de Madeira pela conclusão do nível Avançado, o que a torna o quinto membro do GEU a receber a Insígnia de Madeira (IM), o que corresponde a mais da metade das IMs conquistada por escotistas em Sergipe, e nos torna o Grupo Escoteiro com mais Escotistas portadores da IM atuantes, aliás somos o único Grupo que tem voluntários portadores da  IM à frente de seções.

Laura faz a sua promessa escoteira
Ainda tivemos a promessa da escoteira Laura, e a entrega do cordão verde e amarelo ás escoteiras Gabriela e Rafaela.

Cordão Verde e Amarelo para Gabriela e Rafaela.
Tudo isto coroa um ano de excelentes resultados para o Grupo, fruto de um cuidadoso planejamento que 
possibilitou que alcançássemos resultados de acordo com o mote, mais melhor e além.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Boa Ação Natalina 2016


 
Baden-Powell, o fundador do Movimento Escoteiro, disse que "o melhor meio para alcançar a felicidade é contribuir para a felicidade dos outros". Há quem pense que para fazer alguém feliz se faz necessário gestos grandiosos, presentes caros, sacrifícios. Podemos propiciar a felicidade através da simplicidade.
Anualmente, há mais de três décadas, o nosso Grupo Escoteiro faz visitas a instituições que abrigam idosos, nos últimos anos temos dedicado atenção especial ao Lar Isaías Gileno, localizado na primeira capital de Sergipe, São Cristóvão, também temos algumas ações no SAME, em Aracaju.
Neste ano, com a intenção de proporcionar um maior contatos das crianças e jovens com os idosos, e ao mesmo tempo ampliar o número de pessoas atingidas por nossas ações, descentralizamos a nossa visita, as tropas Escoteira 1 e Sênior foram para São Cristóvão, enquanto que as Alcateias e a Tropa Escoteira 2 visitaram o Asilo Rio Branco.
Em São Cristóvão mais uma vez contamos com a presença especial da Tia Giz, personagem da Chefe Gisele, que animou a visita, distribuindo abraços e palavras de carinho. Porém é o retorno que recebemos por parte dos internos e funcionários que nos impulsiona a prosseguir. Um dos internos comentou, estou aqui há sete anos e vocês nunca nos abandonaram. Nesta visita oferecemos o nosso tradicional lanche natalino, além de presentes, aos internos. Porém o mais importante foi a maneira como os nossos jovens interagiram, conversando com os idosos, dando demonstrações de carinho.

A visita das Alcateias e Tropa 2 ao Asilo Rio Branco foi uma espécie de volta as origens desta nossa atividade, pois no princípio era o Rio Branco a instituição que visitávamos e da qual nos afastamos por problemas operacionais pois a maneira que queriam que conduzíssemos a vista não  se adequavam à nossa proposta educativa.

Para esta visita ao  Asilo Rio Branco foi feita uma campanha de arrecadação de donativos dentro daqueles itens selecionados pela diretoria da instituição, assim, dentre outros itens, levamos fraldas geriátricas, perfumes, sabonetes, etc. Porém da mesma forma como aconteceu em São Cristóvão o mais importante foi a troca de carinho, e até a contribuição para autoestima com as Lobinhas e Escoteiras levando esmaltes para pintar as unhas das internas e, assim como aconteceu em São Cristóvão, disputando animadas partidas de dominó.

Aventura Sênior



Nos dias 26 e 27 de novembro passado foi realizada a IV ASES - Aventura Sênior de Sergipe, que se iniciou na cidade de Santo Amaro das Brotas com uma jornada em direção a Rosário do Catête, local em que se concentrariam as atividades, passando pela cidade de Maruim.

A Patrulha K2 da nossa Tropa Sênior foi a nossa representante nesta atividade regional, que contou também com uma patrulha do 6ºSE, 7ºSE e 25ºSE.

Os nossos sêniores e guias se destacaram durante a atividade passando por todas as bases, e sendo a única patrulha que cumpriu o requisito de cozinhar com espiriteira.
Durante a ASES duas ações que não estavam programadas mostraram o nosso compromisso com um mundo melhor, o primeiro foi a elaboração de uma reportagem denúncia sobre o descarte irregular de medicamentos e lixo hospitalar às margens da estrada do Povoado Conceição, entre os municípios de Santo Amaro das Brotas e Maruim. Outra ação foi o resgate de um cágado d'água que corria o risco de ser atropelado nas ruas de Rosário do Catête. O animal devolvido ao ambiente natural.